Citemos
Deixe um comentário

Nair Benedicto

nair-benedicto

Foto: Nair Benedicto (1985)

A ação desencadeada em São Paulo de muitos!, nos proporcionou uma afluência de olhares e sentidos sobre uma cidade que vai além da paisagem contrita. Encontramos, a cada visitação, mais e mais pessoas. Vimos fotografias, conhecemos pessoas e lembramos de outras, tão importantes e significativas para a nossa história da fotografia brasileira. Dentre eles, lá está: Nair Benedicto.

Para nós, foi uma alegria ver duas fotografias enviadas por Nair Benedicto para a ação. E atestar que o imaginário que construímos de São Paulo se configura através de uma paisagem oblíqua ou não, como nos indica Nair Benedicto. Bom encontrá-la, revê-la. Lembremos de outra grande mulher, a crítica Stefania Bril que assim percebeu Nair:

“Nair se preocupou sempre com os esquecidos, os discriminados: menor, índio, mulher. E ensinou sua câmara a enfrentar os fotografados cara a cara e a conversar com eles também, com ela. Nair, o faz. Para entendê-los melhor e tornar-se testemunha não das lamúrias, mas dos questionamentos e reivindicações. Justas.”

Stefania Bril, 1987.

Por Georgia Quintas.

Deixe um comentário