Todo mundo junto

Comentário 1

Foto: Canindé Soares

Estou em Brasília, desde a última quinta-feira, no I Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil e sinto que estamos passando por um momento bem interessante e inédito como mobilização.

O encontro conta com a participação de 16 Estados + Distrito Federal e congrega 148 pessoas. Vale ressaltar que não são 148 unidades, são representantes de ações, produtores da fotografia. São representantes de universidades, escolas, museus, galerias, fotoclubes, associações, festivais, encontros, etc.

Antes de qualquer resultado ou conquista, já posso falar que o encontro foi um sucesso. Um detalhe me deixa bem feliz: A reunião das mais diversas pessoas, gerações e interesses discutindo o mesmo assunto e ninguém falando na primeira pessoa ou defendendo interesses próprios. Mesmo representante de iniciativas privadas e com finalidades comerciais, estão aqui pelo desejo de união e fortalecer esta REDE.

Além do formato de Grupos de Trabalho, o encontro tem uma característica de seminário, o que foi muito be pensado e surtiu um clima bem legal. A abertura do evento contou com uma palestra de Angela Magalhães, que fez parte do INFOTO/Funarte na década de 1980, juntamente com Nadja Peregrino e Pedro Karp Vasquez e foram responsáveis pelas Semanas Nacionais de Fotografia e por várias ações que foram o embrião de tudo que conhecemos atualmente.

Na sexta-feira, a palestra foi de Helouise Costa, professora da USP e vice-diretora do Mac/USP. Helouise deu uma aula sobre a entrada da fotografia nos museus. Uma fala contagiante e que todos assistiram com muita atenção, mesmo com problemas de energia e um passarinho que dava rasantes pelo auditório.

Outra coisa legal é que todos os Gts estão tendo a participação de um convidado relacionado ao tema. Para se ter uma noção do nível, no GT de Relações Internacionais, tivemos a participação de Joaquim Paiva. No GT sobre Difusão, que secretariei, tivemos a participação muito especial de Claudi Carreras, curador espanhol e responsável pelo Laberinto de Miradas e o E.CO.

Tudo isso é só uma pílula do que está acontecendo por aqui.

Amanhã, teremos a Assembléia Geral e definições.

Fotos do evento, veja aqui no blog do amigo Canindé Soares.

Comentário 1

  1. lidianne 01/06/2010

    arrasa alexandre! bom a mudança de comportamento das entidades ligadas a fotografia, pelo bem comum da arte!

Deixe um comentário