Marcelo Buainain e o “seu” preto e branco

Comentários 3

Fotos: Marcelo Buainain

Há pouco, Marcelo Buainain, um fotógrafo que sempre admirei me escreveu:

“[…] Em 2002, com o apoio da Bolsa de Arte da Fundação Vitae, passei uma temporada em Salvador para fotografar diversos projetos, incluindo as admiráveis obras sociais da Irmã Dulce. Inspirado na recente comemorações pela beatificação da Irmã Dulce, editei um conjunto de fotografias inéditas relacionadas ao tema. […]”

Marcelo está disponibilizando um PDF com estas imagens aqui:

Amar e Servir

São imagens fortes e marcantes de uma obra social que preza, somente, a ajuda e a caridade.

“Quando nenhum hospital quiser aceitar algum paciente, nós aceitaremos. Essa é a última porta e por isso eu não posso fechá-la”, Irmã Dulce.

**

Buainain é um dos grande fotodocumentaristas brasileiros. Um pouco de saudosismo… Para quem tem mais de 35 anos deve se lembrar das suas imagens maravilhosamente bem compostas, com uma intensidade que salta aos olhos. Preto e branco impecável. Pretos e brancos diferentes…

Quem nunca se inspirou em algum retrato de Buainain quando fotografava? Essa foto do garoto de costas na Índia é uma daquelas que está guardada na minha memória faz tempo.

Marcelo tem um blog. Quem não conhece a obra dele… Corra! Vale demais e é básico ter essa referência para qualquer pessoa que curte imagem e fotografia.

**

Update vindo dos comentários:

“Vale a pena conferir os livros do Buainain “Bahia Saga e Misticismo, de 2004, publicado em Portugal, pelo Centro Português de Fotografia. Além de imagens antológicas, traz um ótimo texto de outro grande fotógrafo, o Numo Rama !

Outra publicação antológica do MArcelo é “India: Quantos olhos tem uma alma” de 2002, edição do autor.

Trabalhos imperdíveis, pura sensiblidade que faz esse companheiro se esconder lá pelo Rio Grande de Norte!! Ainda bem que ele volta a dar as caras! Viva Buainain! Viva querido amigo!”

Juan Esteves

Comentários 3

  1. Antonio Buainain 16/06/2011

    Comentário de irmão coruja devia ser proibido, mas concordo com o Juan. Vale a pena conferir os livros e esperar pela renovação do site, prometido há anos, e que até agora não saiu da promessa. O Brother tem um olhar profundamente sensível e técnico, e por isto suas fotos são quase sempre relatos vivos da realidade que capta em um instante e a imortaliza sem paralisa-la. Abraços pra ele e todos os que tem a sorte de ver suas fotos

  2. juan esteves 16/06/2011

    Vale a pena conferir os livros do Buainain “Bahia Saga e Misticismo, de 2004, publicado em Portugal, pelo Centro Português de Fotografia. Além de imagens antológicas, traz um ótimo texto de outro grande fotógrafo, o Numo Rama !
    Outra publicação antológica do MArcelo é “India: Quantos olhos tem uma alma” de 2002, edição do autor.
    Trabalhos imperdíveis, pura sensiblidade que faz esse companheiro se esconder lá pelo Rio Grande de Norte!! Ainda bem que ele volta a dar as caras! Viva Buainain! Viva querido amigo!
    Juan Esteves

  3. Edson Klauck 16/06/2011

    Pura e simplesmente FANTÁSTICO o trabalho do Marcelo.Sempre serviu de inspiração e cada vez que olho suas fotos,vejo que ainda não aprendí nada.

Deixe um comentário