A Rainha do Bumbum

Comentários 4

No dia da eleição, estava com uma pauta que poderia ser a mais legal do dia. Foi a mais morgada, apática e triste do ano! Era com a Rainha do Bumbum, Gretchen, candidata à prefeitura na cidade de Itamaracá.

Nunca vi tanta apatia na minha vida. Não tinha militância, eleitores, vereadores, puxa-sacos, imprensa (só eu e a repórter do JC), nada. Ela estava acompanhada de três gatos pingados (eram da família e amigos) que votavam em outra cidade (?!).

Até o local de votação (ela errou a escola), o que mais chamava a atenção era uma equipe de filmagem. Na realidade, duas equipes de um documentário sobre a Rainha do Piripipi. Câmeras, som direto, diretor e produtor. E ela ainda falou: “Eu quero sair da mídia. A mídia é que não quer sair de mim”.

Um gritinho aqui de “bonitona”, outro ali apontando para mostrar a pop star para o amigo e só! Esperava mais, muito mais. Acho que criei muita expectativa 🙁

Cheguei na redação com uma sensação de que não sairia nem uma foto para a edição do dia seguinte. Tudo isso só fez aumentar uma crise de sinusite que sempre tenho. 

Como tenho visto muito (nos últimos dias) o site Garapa, os caras me inspiraram e fiz esse pequeno e tosco multimídia.

Antes de assistir, liguem e aumentem o som!

Quer ouvir os sucessos de Gretchen, clique aqui.

Mais sobre a Rainha do Bumbum, aqui e aqui.

Comentários 4

  1. queria saber a porcentagem de votantes homem/mulher desses 343..
    e não esquecendo o nosso grande rei Reginaldo Rossi, 119º candidato mais votado a vereador, obtendo 717 votos em Jaboatão pelo PDT!

  2. Só um adendo, como bem me corrigiu o amigo Fehlauer, latim pressupõe que não foi na Grécia! Logo, panis et circencis, roma, coliseu… era mais fácil!

  3. Hahahaha! Muito bom Alexandre! Aqui em SP tivemos Sérgio Malandro, Dinei (ex-jogador do corinthians), pagodeiros e afins se candidatando.
    Se pão e circo já eram diretrizes políticas gregas, parece que agora esquecemos o pão e resolvemos que só o circo basta!
    Fiquei feliz em saber que a Garapa inspirou alguma coisa. Melhor inspirar do que aspirara esse freak le boom boom!
    Grande abraço!

  4. Por outro lado o Túlio Maravilha não levantou expectativa nenhuma e foi eleito vereador em Goiânia (foi o 3º + votado, aliás).

    Belém, é muito bom ver você escrevendo no suplemento de informática às quartas. Estava cansado de ler “Canon lançaa tal câmera…” 😛

Deixe um comentário