Nota de esclarecimento 2º Prêmio FotoArte

Comentário 1

Brasília, 13 de outubro de 2009

NOTA DE ESCLARECIMENTO 2º PRÊMIO FOTOARTE

A organização do 2º Prêmio FOTO ARTE, diante da nota veiculada pelo blog Olhavê sobre dois pontos específicos do Termo de Cessão (cláusulas 04 e 06) enviado aos fotógrafos selecionados para a premiação, e considerando o alcance das insinuações veiculadas, algumas inverídicas, presta os seguintes esclarecimentos:

1.       Não fomos consultados sobre a nota veiculada pelo blog Olhavê a partir do dia 6 de outubro de 2009. Dessa forma, ficou impedida a publicação do nosso posicionamento e comprometida a prática do bom jornalismo, com a apuração e a veiculação do contraditório.

2.       O questionamento sobre as duas cláusulas do Termo de Cessão foi apresentado à organização no dia 29 de setembro. Após cinco dias de análise, no dia 4 de outubro, foi feita a alteração que retirou uma das cláusulas (04) e simplificou a outra (06), reduzindo seu alcance ao regulamento de modo expresso.

3.       A dúvida levantada no material veiculado pelo blog Olhavê a partir do dia 6 de outubro, já havia sido sanada e comunicada aos fotógrafos no dia anterior, 5 de outubro. Ou seja, o questionamento alçado à irregularidade estava completamente resolvido quando foi publicada a nota sem que a organização do evento tivesse sido consultada.

4.       Reconhecemos que a redação das cláusulas 04 (montagem de imagens) e 06 (uso restrito das imagens) dava margem a interpretações diversas da prevista no regulamento do Prêmio. Por isso, após consenso entre as diversas áreas envolvidas (organização, jurados, alguns inscritos e departamento jurídico), decidiu-se eliminar a cláusula 04 e reescrever a cláusula 06 detalhando informações que já estavam explicitas nos artigos 52, 55, 58 e 59 do regulamento redigido juntamente com o curador Eder Chiodetto.

5.       Nosso objetivo foi assegurar que fossem preservados todos os direitos dos fotógrafos e dos beneficiários da cessão de imagens e garantir que não houvesse interpretações dúbias.

6.       Esperamos que o equívoco reconhecido e prontamente resolvido não ofusque a importância da iniciativa do Prêmio FOTOARTE 2009, que se destaca nacionalmente de modo positivo e notoriamente sério para fotografia no Brasil. Nossa expectativa é que a premiação, que será realizada nesta terça-feira, 13 de outubro, em Brasília/DF, mereça divulgação ampla e favorável do blog Olhavê.

O Prêmio é iniciativa do FOTOARTE, um dos principais festivais de fotografia do Brasil, criado em Brasília, em 2002. O festival tem trajetória de seriedade e compromisso com a fotografia, realizou centenas de eventos de âmbito internacional, sempre com catálogos e publicações de qualidade, visando beneficiar e valorizar fotógrafos, dando maior visibilidade aos seus trabalhos e chance de prêmios significativos.

O 2ª Prêmio elegeu o tema “Natureza, Meio Ambiente e Sustentabilidade”, unindo a arte da fotografia à conscientização da sociedade, em prol do desenvolvimento sustentável e da preservação ambiental. O Regulamento foi elaborado após longa pesquisa e estudo de vários Regulamentos, inclusive com colaboração do curador Eder Chiodetto, durante mais de um ano.

As fotografias selecionadas e premiadas comporão banco de imagens a ser doado à ONG WWF-Brasil, para uso em suas campanhas. Tal escolha deveu-se à solidez e credibilidade da instituição, uma das maiores e bem respeitadas organizações dedicadas à preservação ambiental, atuante em mais de 100 países. Além disso, as imagens integrarão catálogo e exposição coletiva. O Prêmio distribuirá R$ 70 mil reais em prêmios, consolidando-se como um dos principais prêmios do país para fotografia.

Reafirmamos que o compromisso do FOTO ARTE é promover a fotografia e seus autores, respeitando seus direitos, valorizando e ampliando a divulgação de sua obra. E mais, entendemos que o 2º Prêmio FOTO ARTE provoca um resgate inovador, associando o meio ambiente com a cultura e colaborando para conscientizar a população sobre o respeito à natureza e a importância da preservação e do desenvolvimento sustentável.

Karla Osório Netto

Diretora do FOTOARTE

Comentário 1

  1. anderson 13/10/2009

    Depois de uma rápida lida na “nota” do blog Olha Vê do dia 06.10.2009, creio que quase qualquer um pode constatar que o texto não é de fato uma nota, mas sim a publicação de uma carta aberta cujo conteúdo apresenta unicamente a opinião das pessoas que a assinam.

    Taxar a publicação de uma carta assinada e aberta ao público de “comprometimento da boa prática do jornalismo” é culpar o mensageiro pela mensagem e assim atestar o total desconhecimento ou do que significa jornalismo, ou do que significa boa prática. Ou, talvez ainda, até das duas coisas ao mesmo tempo.

    Entendimentos e ignorâncias à parte, a vida nos apresenta algumas situações nas quais o quanto mais se mexe, mais mal cheirosa a coisa toda fica.

    Creio esta ser uma dessas situações.

Deixe um comentário