São Paulo de muitos!

Comentários 4

Foto: Bia Ferrer

Algumas vezes, não sabemos se uma ideia irá dar certo. Outras vezes… Sabemos de cara: “vai ser show”. Outras vezes, mesmo sabendo que dará certo, nos surpreendemos.

Foi o caso da ideia que a Cia de Foto teve para o pedido da editora de fotografia da Revista da Folha, Mônica Maia. Detalhes, aqui.

Acompanhei de perto o nascimento da ação, o desenrolar diário, as surpresas e a satisfação em ver chegar colaborações de jovens fotógrafos e fotógrafos veteranos, que habitam o nosso imaginário. Isso foi o mais legal. Foi um espaço que se tornou vivo por si só. Será que o criador do WordPress sabe que o programa dele pode ter vida?

Vimos coletivos, pesquisadores, fotógrafos, a garotada… Vimos Du Ribeiro e Bob Wolfenson, caras super importantes para a fotografia brasileira.

Vimos Mauricio Simonetti, Juca Martins, Nair Benedicto… Sem palavras! Sou fã. Em 1996, quando estive em São Paulo, fui visitar (para fazer nada!) a N Imagens, a Pulsar, a Angular, etc… Só para conhecer os grandes fotógrafos que habitavam a minha história.

Vimos olhares de outros Estados, uma meninada boa demais.

Só os números para sintetizar:

1 convite | 2 páginas | 5 dias | 230 fotógrafos | 11.889 acessos fizeram o São Paulo de Muitos!

Nas bancas, próximo domingo. Na web, sempre.

Comentários 4

  1. Muito obrigada a todos pela oportunidade, folha, cia de foto e ao olha vê!
    Sou autora das fotos que ilustram a matéria, fico muito feliz quando as vejo publicadas, pois sei que a possiblidade das pessoas que foram clicadas se “verem” aumenta a cada vez mais. Obrigada a todos vcs pelo espaço, deveriam ter mais iniciativas dessas…
    sucesso para todos e uma ótima semana, cheia de novidades…
    bjkas

  2. Este é o tipo de ação que merece ser reconhecida.
    O fato da Cia. ter aberto este espaço tem diversas consequências positivas. Motiva, integra diferentes pessoas, gera interação entre elas, expõe o que tem sido feito por aí hoje e ao longo do tempo, enfim.. Foi muito legal participar, ter fotografias minhas no “São Paulo de muitos” e principalmente ver todos os outros pontos de vista dos fotógrafos sobre esta cidade.

  3. Também acompanhei minuto a minuto, apertando F5 e vendo as fotos aparecerem, foi um espaço extremamente variado, como São Paulo.

Deixe um comentário